Muda de penas nas aves: Como reconhecer se há problemas e o que fazer?

Como adquirir e cuidar dos divertidos e curiosos furões (Ferrets)?
Julho 15, 2016
Campanha do agasalho: Os pets sentem frio!
Julho 22, 2016

Muda de penas nas aves: Como reconhecer se há problemas e o que fazer?

penas para materia

 Muda em pássaros

A muda é um processo natural e necessário onde acontece a renovação da plumagem da ave. Normalmente essa muda acontece antes das épocas frias do ano ou período de migração anual. O mais comum é que essa muda ocorra uma vez ao ano, mas em algumas espécies pode acontecer de duas até três vezes ao ano e pode durar até 4 meses. Aqui no Brasil, é mais comum que essa troca ocorra no Outono/Inverno, quando as temperaturas começam a cair e os dias ficam mais curtos, pois escurece mais cedo, menos tempo de luminosidade. Nesse período é importante que as aves fiquem protegidas da ação mecânica do vento que poderá prejudicar o crescimento das novas penas.

Nesse período é comum que o metabolismo das aves diminua e que elas consequentemente comam menos e voem menos para poupar energia.  Deduze que as aves devam fazer uma boa reserva de nutrientes para passar por essa fase.                       <img class="wp-image-3517 alignright" src="http://petchannel.com.br/wp-content/uploads/2016/07/Aves-para-mat-troca-de-penas.jpg" alt="Aves para mat troca de penas" width="240" height="160" srcset="http://petchannel.com.br/wp-content/uploads/2016/07/Aves-para-mat-troca-de-penas good weight loss supplements.jpg 660w, http://petchannel.com.br/wp-content/uploads/2016/07/Aves-para-mat-troca-de-penas-300×200.jpg 300w, http://petchannel.com.br/wp-content/uploads/2016/07/Aves-para-mat-troca-de-penas-219×146.jpg 219w, http://petchannel.com.br/wp-content/uploads/2016/07/Aves-para-mat-troca-de-penas-50×33.jpg 50w, http://petchannel.com.br/wp-content/uploads/2016/07/Aves-para-mat-troca-de-penas-113×75.jpg 113w” sizes=”(max-width: 240px) 100vw, 240px” />

Normalmente, a reprodução/postura de ovos não acontece no período da muda. É uma maneira de evitar um desgaste maior do organismo da ave e para que a ave construa suas reservas de nutrientes e consequentemente adquira uma boa reposição de plumagem para a nova fase reprodutiva.

Uma série de fatores pode influenciar a renovação das penas. Problemas clínicos ou comportamentais são os mais comuns e podem interagir entre si.

As causas clínicas mais comuns são: Alergias, desnutrição, presença de ectoparasitas na pele e penas (piolhos), sarna, parasitos internos (vermes, protozoários), infecções bacterianas ou fúngicas na pele ou nos folículos das penas, distúrbios hormonais, aspergilose (infecção respiratória fúngica), doenças internas (doenças hepáticas) e carências nutricionais.

As causas comportamentais ou psicológicas mais comuns são: estresse, mudanças bruscas na rotina da ave, presença de outras aves cantando ou aves novas no criatório, medo, susto, luz no criatório reduzindo as horas de sono, mistura de machos e fêmeas.

Administração de parasiticida intestinal a base de fenbenzadole (Albendazóis), pode prejudicar o crescimento das penas, se for feita nesse período.

Deficiência de iodo pode causar hipotireoidismo nas aves, o que prejudicará a muda causando atrasos no crescimento ou anomalias nas penas. Normalmente essa deficiência vem da falta de iodo na alimentação (ração).

Papagaio materia de troca de penasA deficiência ou falta de nutrientes essenciais como metionina, podem causar alterações no processo de muda. A metionina desempenha várias funções no organismo das aves.  Tem efeito no sistema imune, na deposição de proteína, no metabolismo de lipídeos e no metabolismo energético das aves.

Todos os fatores acima citados de maneira isolada ou combinados podem desencadear o que chamamos de “muda encruada”.  Poderá ser observada pela deficiência de crescimento de penas, áreas sem plumagem e ou penas malformadas. Quando a muda não acontece ou acontece com problemas, é preciso buscar as causas da (s) alteração (ões). Cada situação, das enumeradas acima, deverá ser analisada para se descobrir onde está o problema e a partir daí tomar medidas de prevenção e cura.

                 Medica Veterinaria Dani Raro          Dani Raro

                                                         CRMV – 10.004

4 Comentários

  1. Juliana diz:

    Olá, eu preciso muito da ajuda de vocês. Eu tenho um a papagaia de 2 anos que apresenta a dificuldade na muda de pena do rabo. Todo ano ela tem o mesmo problema! Por vezes a pena não consegue ultrapassar a pele e ela fica com muitos incômodos, como cutucar o local várias vezes e também chega a machucar outras penas que estão crescendo. Noto que é muito incômodo, de tanto mexer e bater as asas ela fica até sem dormir. Já levei ela em um veterinário especialista, mas ele passa medicamentos antiinflamatórios, não descobrimos se é má formação das penas na muda ou algum outro problema. Porém toda a muda dela apresenta o mesmo problema nas penas do rabo! Alguém pode me ajudar? É normal isso? A alimentação dela é ração extrusada, frutas, legumes e água apenas, será que devo complementar?

    • petchannelbrasil diz:

      Olá, Juliana!
      As penas deveriam nascer sem qualquer problema. Imagino que ela deva mesmo ficar muito incomodada, pois pelo que você descreve, acontece um processo inflamatório para que a pena consiga “nascer” e isso deve causar dor. Mas aconselho que você procure um outro colega médico veterinário especialista em aves, para uma pesquisa mais aprofundada do caso, descartando algumas patologias como sarna ou problemas nutricionais, por exemplo, e assim tentando chegar a um diagnóstico preciso.

      Danielle Raro – Médica veterinária

  2. Janice diz:

    Meu papagaio tem 8 anos e algum tempo ele está sempre na muda, mas as penas parecem ” encapsuladas ” numa pele, só com as pontinhas das penas para fora. Ficando espetadas. Acho que o incomoda muito e imagino que seja problema. Podem me ajudar? Obrigada! Janice

    • petchannelbrasil diz:

      Olá, Juliana!
      As penas deveriam nascer sem qualquer problema. Imagino que ele deva mesmo ficar muito incomodado, pois pelo que você descreve, acontece um processo inflamatório para que a pena consiga “nascer” e isso deve causar dor. Mas aconselho que você procure um colega médico veterinário especialista em aves, para uma pesquisa mais aprofundada do caso, descartando algumas patologias como sarna ou problemas nutricionais, por exemplo, e assim tentando chegar a um diagnóstico preciso. Ele provavelmente irá prescrever alguns cremes ou pomadas que livrem a ave desse sofrimento.
      Danielle Raro – Médica veterinária

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *