Lobo-Guará: o lobo solitário!

Arrancar os pelos do ouvido do seu pet não faz bem!
Setembro 16, 2016
Medicamento para tratamento de Leishmaniose, é aprovado no Brasil!
Setembro 20, 2016

            Os lobos são animais normalmente malvistos devido as histórias dos lobisomens nos filmes de terror ou mesmo pelo conceito de “lobo-mau” nas estórias infantis. Na realidade, lobos são mamíferos da ordem Carnívora, aparentados dos cães, raposas e coiotes. No Brasil temos como representante o lobo-guará (Chrysocyon brachyurus), habitando uma faixa do Brasil central desde o Rio Grande do Sul até o sul do Pará e Maranhão.

            O lobo-guará é o maior canídeo da América do Sul com seu corpo variando de 95 a 115 cm com até 50 cm de cauda e pesando entre 20 a 30 Kg. Suas patas que podem alcançar até 1 metro são bem adaptadas para se locomoverem entre as altas gramíneas do cerrado. Sua coloração é avermelhada, com focinho, membros e dorsos negros e parte anterior do pescoço, porção interna das orelhas e a cauda brancas, possibilitando uma eficiente camuflagem em seu ambiente.  lobo guara 2

            Os lobos-guarás são mais ativos à noite e se alimentam de frutos, pequenos mamíferos, aves, répteis e até insetos. Ao contrário dos outros lobos, possuem hábitos solitários, formando casais apenas durante a época da reprodução, que ocorre apenas uma vez ao ano. Normalmente a fêmea dá à luz a dois a seis filhotes, que nascem com coloração parda com a ponta da cauda branca. Ao nascerem recebem cuidados tanto da mãe quanto do pai.

            Essa espécie possui uma profunda relação com uma determinada espécie de fruto, a lobeira (Solanum lycocarpum), que recebe esse nome vulgar graças a predileção do lobo-guará por ela. Ao ser ingerido, o fruto exerce no lobo-guará uma atividade vermífuga, fazendo com que ele consiga exterminar um verme que se aloja nos rins do lobo e que poderia leva-lo à morte. Por outro lado, as sementes de lobeira são eliminadas pelas fezes do lobo-guará o que garante a dispersão do vegetal. Ou seja, essas espécies precisam viver em equilíbrio. Precisamos preservar ambas, pois se exterminarmos uma delas, a outra certamente também desaparecerá.

lobo guara 3

            O lobo-guará se encontra em situação vulnerável uma vez que a grande ameaça que sofre é devido a destruição de seu habitat, onde áreas do cerrado brasileiro vem desaparecendo, sendo substituídas pelo homem que as utilizam para fins de agricultura e criação de pecuária extensiva. Por falta de ambiente natural e alimento, os lobos guarás podem se aproximar de áreas residenciais em busca de alimento e acabar atacando animais domésticos, uma situação que pode acabar gerando reação com abates ilegais por parte de fazendeiros. O lobo-guará não deve ser visto como vilão, pois como vimos é apenas mais um animal vítima das alterações ambientais que o homem vem fazendo na natureza.

            No Brasil, o Instituto Pró-Carnívoros (www.procarnivoros.org) é uma instituição não-governamental, sem fins lucrativos que trabalha com projetos de biologia e conservação de diversas espécies de carnívoros, inclusive o lobo-guará. Através dele você pode conhecer mais sobre a espécie, as atividades que vem sendo desenvolvidas para sua proteção e como você pode colaborar em projetos de educação ambiental.

            Animais silvestres: a melhor forma de preservar é conhecer.

            Até a próxima!!!!!

           Foto claudio para coluna no site pronta       Claudio Machado – Biólogo

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *