petchannelbrasil

É muito comum se falar por aí que temos duas alegrias: uma quando a obra começa e a outra quando ela finalmente termina. Fora todos os problemas e dores de cabeça que uma obra em casa pode nos trazer ainda temos um complicador: os transtornos que podem causar a saúde de nossos amigos peludos. Já recebi diversos animais para consulta com problemas decorrentes de obras na casa dos proprietários e na maioria das vezes, os proprietários não tinham muita noção de que os problemas eram consequência da obra. Dermatites, intoxicações, alergias, problemas gástricos entre outros, que só depois de um histórico e anamnese bem feitos, chegamos ao fator “obra”. Fora os acidentes e o desconforto que os barulhos podem causar aos pets.

Animais tem um olfato muito mais apurado que o nosso, disso todos nós sabemos, mas muitas pessoas não relacionam esse fato, aos problemas respiratórios, por exemplo, que os animais apresentam quando estão em um ambiente com obras. O cheiro forte das tintas, do cimento, do rejunte, dos removedores e a poeira, podem causar além de simples espirros e tosse, bronquite, esofagite, gastrite, entre outros. Em alguns casos, mesmo os animais não estando no mesmo cômodo onde a obra está acontecendo, mas em algum próximo, podem sim sofrer as consequências.

Muito comum os animais expostos a obras terem problemas dermatológicos. Pele, coxins, focinho, ouvidos, apresentam de leve ressecamento e pruridos a graves lesões.
Outros podem sofrer problemas gastrointestinais e intoxicações, por conta dos cheiros fortes, ou por ingestão acidental de produtos como tinta, removedor, cimento, rejunte, que eles podem lamber por curiosidade ou até ingerir sem querer por cair nas vasilhas de água ou comida.

E se tudo isso não bastasse, ainda temos todos os sons desagradáveis que uma obra pode produzir como todo quebra-quebra, ferramentas barulhentas e todo um movimento que na maioria das vezes o pet não está acostumado. Precisamos lembrar que os animais possuem uma audição muito mais aguçada que a nossa, levando, muitas vezes, os mesmos ao desespero, ficando muito assustados e até fugindo por conta dos fortes barulhos.
E então o que fazer com os pets quando sua casa entrar em obra?

Se tiver como colocar o animal isolado em algum ambiente que não esteja em obra na casa, faça isso. Não o deixe em contato com a obra, tente evitar que tenha acesso ao local, evitando assim acidentes como tábuas que possam cair em cima do animal, pregos ou vergalhões, furando as patinhas. Não deixe as vasilhas de água e comida do animal no local da obra, podem cair coisas ou produtos na água ou na comida do pet. Peça que tomem cuidado com os restos de comida que muitas vezes os funcionários levam, converse e oriente que não ofereçam alimentos aos seus pets. Mas se nada disso for possível, pense em mandá-lo temporariamente para a casa de um parente ou amigo. Se não tiver nenhuma dessas opções, pense em deixá-lo hospedado temporariamente em um hotel para pets.

Um outro cuidado que também deve ser tomado, é com o entra e sai que acontece normalmente em ambientes com obra, como muitas vezes os pedreiros não estão acostumados com os bichos da casa, podem deixá-los escapar sem querer. Mantenha sempre as portas ou portões trancados, e peça aos funcionários que façam o mesmo, sempre se certificando antes de abri-los, se o animal está no local.
Prevenção é sempre a melhor forma de proteção! Quem ama cuida e protege!

Medica Veterinaria Dani Raro Danielle Raro – Médica veterinária

Abril 29, 2016

Obras em casa, e agora o que fazer com seu pet?

É muito comum se falar por aí que temos duas alegrias: uma quando a obra começa e a outra quando ela finalmente termina. Fora todos os […]
Abril 28, 2016

Fotografando o seu pet

Como fazer imagens diferentes do seu pet? Imagens que você não precisa ser profissional para conseguir captar, mas apenas prestar atenção a alguns detalhes. Detalhes esses […]
Março 24, 2016

Hello world!

Welcome to WordPress. This is your first post. Edit or delete it, then start writing!
Novembro 24, 2015

Hello world!

Welcome to WordPress. This is your first post. Edit or delete it, then start writing!