petchannelbrasil

Pequenos, porém causadores de grandes estragos, carrapatos são um dos inimigos mais perigosos para a saúde de seu cão.

Com a proximidade da chegada do verão, seu amigo peludo fica ainda mais vulnerável a esse minúsculo inimigo, pois o calor e a umidade dessa época do ano propiciam condições ainda mais favoráveis à reprodução dos carrapatos.

Além de lesões na pele, que podem variar de leves a severas, carrapatos podem ainda causar alergias graves, anemias e transmitir as temidas hemoparasitoses, (ou vulgarmente conhecidas como “doenças do carrapato”) como a Babesiose e Erlichiose, que podem levar seu cão a óbito se não diagnosticadas e tratadas a tempo.

O ideal é sempre se pensar na prevenção, ou seja, evitar que seu cão seja parasitado pelos carrapatos. Fazer isso hoje em dia não é nada difícil já que existe no mercado uma enorme gama de produtos para prevenção, para o tratamento dos animais que já estão parasitados, assim como do ambiente onde o animal vive, este último de suma importância quando em casos de infestação.

Como Combater

Para os cães, produtos de uso tópico como pipetas, sprays, shampoos, sabonetes, coleiras anti-parasitas, e ainda medicamentos orais, como comprimidos, comprimidos mastigáveis, tabletes mastigáveis altamente palatáveis,etc., são normalmente muito eficientes se usados de maneira correta. Para o ambiente, os produtos na forma de sprays, na formas liquida ou em pó concentrados para diluição, entre  outros, se usados de forma e orientação corretas, não irão causar danos à saúde nem dos peludos, nem dos seres humanos.

É preciso seguir a orientação do seu médico veterinário na escolha do melhor produto para o seu cão. É bom ter atenção no prazo de aplicação ou de administração de cada produto. Alguns deverão ser aplicados ou administrados via oral a cada 30 dias, outros a cada 90 dias, algumas coleiras podem ter prazo de até 6 meses para troca. Esses prazos não devem ser esquecidos, pois o cão irá ficar desprotegido. O peso do animal é um detalhe muito importante. Jamais administre ou aplique um produto, seja qual for a via, sem antes ter certeza do peso do seu cão, e se o produto está de acordo com a faixa de peso do mesmo.

Algumas vezes, já ouvi proprietários relatando que um determinado produto que ele usou no seu cão não funcionou e, conversando mais um pouco, descobri que o cão estava infestado de carrapatos e que o produto que ele fez uso não era o ideal para esses casos. Neste caso, como o proprietário não procurou orientação, não sabia que é necessário tratar com produtos específicos o ambiente onde o cão vive também, pois se isso não for feito, fica muito mais complicado tratar o animal.

Outras vezes, ouvi relatos que animais  passaram mal após o uso de determinado produto.  Estranhei, pois esses produtos, em sua grande maioria, se usados de maneira correta, são muito seguros. Procurando maiores informações, fiquei sabendo que os proprietários haviam dado medicamento ou aplicado pipeta, acima do peso do animal, ou seja, uma super dose. Outra situação comum de acontecer é o proprietário não cortar o excedente da coleira, quando essa é para ser ajustada no animal, o que faz com que o animal absorva uma quantidade maior da droga contida na coleira, podendo levar a uma intoxicação pelo uso errado do produto.

Com uma oferta tão grande de produtos para prevenção e para o tratamento dos nossos amigos peludos infestados pelos carrapatos, não precisamos e nem devemos recorrer a receitas caseiras e “simpatias” para manter os carrapatos longe. Nada de inventar!

Saúde é coisa séria e prevenção é tudo!

Danielle Raro

CRMV-RJ – 10.004

Maio 3, 2016

Como combater os carrapatos

Pequenos, porém causadores de grandes estragos, carrapatos são um dos inimigos mais perigosos para a saúde de seu cão. Com a proximidade da chegada do verão, seu amigo peludo […]
Maio 3, 2016

Seu pet acima do peso!

Como nós, seres humanos, os pets também podem ter problemas com a balança. Mas como são irracionais, cabe a nós, proprietários que cuidamos da alimentação deles, […]
Maio 3, 2016

Há quanto tempo você não vermífuga seu pet?

Pois é, se você não sabe, não se sinta culpado ou em desespero! Muitos proprietários chegam em meu consultório, com seus bichinhos, e se espantam quando […]
Maio 1, 2016

Border Collie: conheça a raça de cães mais inteligente do mundo

Já ouviu falar da raça Border Collie? A raça é considerada a mais inteligente do mundo e é conhecida também por sua grande capacidade de aprendizagem […]