Ararajuba: ave símbolo do Brasil!

Campanha de vacinação contra raiva começou! Leve seu pet, a vacina é grátis!
Outubro 1, 2016
A importância de vacinar seu gato!
Outubro 4, 2016
Você sabia que O Brasil tem uma ave-símbolo?
Ela só ocorre no Brasil e além disso possui sua plumagem em verde-bandeira e amarelo-ouro, as cores da nossa bandeira. A Ararajuba (Guaruba guaruba), também conhecida como Guaruba, Tanajuba ou papagaio-imperial, é uma pequena ave da mesma família que os papagaios (Psittacidae) que mede em torno de 35 cm com cerca de 300g de peso. Possui cauda longa com penas de tamanho desigual e bico curvo e é encontrada exclusivamente em áreas entre o norte do estado do Maranhão, o sudeste do Amazonas e o norte do Pará.      ararajuba 3

“Ararajuba” vem do termo tupi “arara” = ara (tipo de papagaio) grande e “yuba” = amarelo, significando, portanto, “arara amarela”. Normalmente são encontradas em grupos de até 40 indivíduos habitando árvores altas, de 15 a 30 metros de altura, e ocas, onde aproveitam para fazer seus ninhos e proteger os ovos de predadores como os tucanos. Fazem a postura de 2 ou 3 ovos que são chocados por cerca de 30 dias, não somente pelos próprios pais, mas por outras aves adultas do bando também. A colaboração dos membros do bando se mantém em relação a proteção e cuidado até que os filhotes se tornem adultos. Ou seja, é como se os “tios” e outros parentes ajudassem na criação dos filhotes.

ararajuba 2

As Ararajubas alimentam-se de frutas, sementes e flores. Possuem comportamento extremamente territorialistas expulsando outras espécies do local onde fazem os ninhos através de sons intensos (vocalizações) ou até mesmo por ataque direto. O bando, que possui hábitos diurnos, se divide em ações de coleta de alimento nas áreas mais baixas das árvores, enquanto que nas copas outros membros vigiam e dão proteção ao grupo. A organização social dessas aves é mesmo incrível !!!

A população total das Ararajubas nunca foi grande e cada vez vem diminuindo mais por causa das atividades humanas. Na Amazônia, os maiores índices de desmatamento acontecem nas áreas de ocorrência dessa espécie, tornando a sobrevivência da ararajuba um enorme problema. Além disso, o tráfico ilegal de aves é outro fator que contribui decisivamente para a redução dessas aves no nosso planeta. Bandos inteiros, muitas vezes com filhotes recém-nascidos são transportados ilegalmente para o sudeste e vendidos em feiras clandestinas para criadores ou revendedores por altos preços. ararajuba 4

Muitos são exportados e vendidos por altos preços, engrossando o tráfico internacional de animais silvestres, enquanto outros morrem apenas durante o transporte. Colabore e ajude a evitar os maus-tratos aos animais e a extinção da biodiversidade não comprando animais silvestres e denunciando as “feiras de animais” que ocorrem por todo país. Conheça e colabore com a RENCTAS – Rede Nacional de Combate do Tráfico de Animais Silvestres (www.renctas.org.br) que é uma organização não-governamental, sem fins lucrativos, que luta pela biodiversidade da Ararajuba e de muitas outras espécies de animais silvestres.

Animais silvestres: a melhor forma de preservar é conhecer.

            Até a próxima!!!!!

(Fotos:Internet)

Foto claudio para coluna no site prontaClaudio Machado – Biólogo

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *